Fundep

UFMG 95 anos: excelência, relevância e inovação 

Postado em Notícias da Fundep
Cerimônia no Auditório Nobre da Reitoria reuniu reitores de gestões anteriores e representantes dos três poderes. Crédito: Foca Lisboa/UFMG.

Perto de seu centenário, UFMG reconhece personalidades e instituições que atuaram em favor da Universidade e da sociedade com Medalha Mendes Pimentel. Fundep apoia série de eventos que celebra o aniversário da instituição.

 

Há 95 anos, em 7 de setembro de 1927, nascia a primeira universidade do Estado de Minas Gerais. Quase um século depois, a UFMG destaca-se por sua excelência acadêmica e relevância social como uma das mais destacadas instituições de ensino superior do Brasil e da América Latina. Projetos de pesquisa, extensão, ensino e desenvolvimento institucional inserem a Universidade nos cenários regional e nacional contando, durante mais da metade da sua vida, com o apoio da Fundação de Apoio da UFMG (Fundep).

 

MEDALHA REITOR MENDES PIMENTEL

Um dos projetos é a Medalha Reitor Mendes Pimentel, comenda que tanto homenageia o primeiro dirigente da UFMG quanto reconhece o trabalho de pessoas que, com o mesmo espírito do fundador e primeiro reitor da UFMG, contribuíram, em suas respectivas áreas de atuação, de forma destacada, para a UFMG e para a sociedade.

Sandra Goulart e Alessandro Moreira receberam os homenageados com a Medalha Mendes Pimentel. Crédito: Foca Lisboa (UFMG)

A entrega da medalha, na noite desta segunda (5), marcou as comemorações do aniversário da UFMG.  Foram homenageados o pensador, ambientalista e escritor Ailton Krenak; Berenice Menegale, pianista e uma das idealizadoras do Festival de Inverno da UFMG; o escritor e crítico literário Fábio Lucas; a professora emérita Nilma Lino Gomes, que foi ministra das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos; o médico e professor emérito Enio Cardillo Vieira (em memória); e o Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG).

“Nada mais apropriado, neste momento de anseios por solidariedade e colaboração, que recordarmos não apenas a história de nossa Instituição, mas também aqueles e aquelas que nos antecederam, as pessoas que, como os nossos homenageados, tanto contribuíram para sermos o que hoje somos”, disse em discurso a reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida.

Ela destacou o primeiro reitor da UFMG, Francisco Mendes Pimentel, que dá nome à medalha, como defensor da democracia, da universidade pública e inspirador da assistência estudantil, que a Universidade inaugurou, de forma pioneira, em 1929.

 

95 ANOS DE EXCELÊNCIA E E RELEVÂNCIA

Falando em nome dos homenageados, Nilma Lino Gomes mencionou a “situação dramática“ vivida pelas universidades públicas brasileiras e lembrou que elas passaram a ser cobradas, sobretudo a partir dos anos 2000, a se tornarem, além de lócus de produção de ciência, tecnologia e inovação, também um ambiente em que se articula justiça social e justiça cognitiva. “As universidades têm ouvido e respondido a essas demandas”, afirmou a professora emérita.

A UFMG, segundo Nilma Lino Gomes, tem atuado de forma competente para articular excelência acadêmica e equidade, atenta às ações afirmativas, à necessidade de fortalecer a educação básica, à promoção da cultura com respeito aos diversos saberes produzidos pela sociedade. “A Universidade apresenta uma postura de lucidez indignada, produz conhecimento que vai na contramão da onda de notícias falsas, intolerância, violências e ataques à democracia”, disse a professora, que é vinculada à Faculdade Educação.

 

FUNDEP E UFMG: HISTÓRIAS QUE SE CONECTAM

A Fundação de Apoio da UFMG nasce de uma demanda da Universidade. Durante a década de 1970, em pleno milagre brasileira, surgem as instituições de fomento à pesquisa. No entanto, na época, a UFMG, como outras universidades públicas, não podia comprar diretamente equipamentos e materiais para as pesquisas, ou receber financiamento das agências. Para superar tais entraves, a Universidade criou a Fundep.

Depois de quase meio século, o cerne da missão da Fundep permanece o mesmo: apoiar a UFMG em suas atividades de pesquisa, ensino, extensão, cultura e desenvolvimento institucional, além de prestar serviços à sociedade nos mesmos campos em projetos de interesse público ou coletivo. Em 2021, a Fundep foi responsável por gerir 2.379 projetos junto à UFMG.

Em comemoração aos 95 anos da Universidade, a UFMG, desde 27 de junho, vem realizando um ciclo de conferências, nomeado Futuro, essa palavra. A abertura do conjunto de encontros foi realizada por Aiton Krenak e Davi Kopenwa Yanomami. Além dos líderes indígenas, conduziram encontros Ana Lúcia Almeida Gazzola, reitora da UFMG na gestão 2002 – 2006; a professora e pesquisadora Heloisa Starling; e o escritor Frei Betto. A realização dos encontros conta com o apoio da Fundep.

A programação completa em comemoração aos 95 anos da Universidade, história, notícias e outros pontos relacionados à celebração podem ser encontrados no site UFMG: 95 anos de vida, excelência e relevância.

Confira a cobertura completa no Portal UFMG.

Skip to content