Fundep

Reitora da UFMG assume presidência da WUN, rede global de universidades 

Postado em Projetos
Além da WUN, Sandra Regina está à frente de outras organizações internacionais que reúnem instituições de ensino superior. Créditos: Luiza Palhares/ Projeto Identidades na Ciência.
Além da WUN, Sandra Regina está à frente de outras organizações internacionais que reúnem instituições de ensino superior. Créditos: Luiza Palhares/ Projeto Identidades na Ciência.

Sandra Goulart Almeida está à frente da única universidade brasileira participante da WUN e tem apoio da Fundep para gestão de projetos.

 

A reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida, assumiu a presidência da Worldwide Universities Network (WUN) durante o WUN Annual General Meeting 2022, encontro anual realizado pela rede que, neste ano, ocorreu na Universidade de Lausanne (Suíça). Ao todo, integram a rede 25 universidades dos seis continentes. O mandato é de dois anos.

A WUN promove e financia cooperação entre instituições de contextos geográficos diferentes, nos campos da educação superior e da pesquisa. A UFMG é a única universidade brasileira integrante da organização. Da América Latina, há apenas mais uma, o Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey, do México.

Nos diferentes projetos apoiados pela WUN participam mais de 10 professores da Universidade Federal de Minas Gerais que têm projetos junto à Fundação de Apoio da UFMG (Fundep).

 

RELEVÂNCIA DA UFMG

A reitora destaca que a rede estimula valores caros à UFMG, Universidade de origem da Fundep, como a qualidade, a inclusão e o compromisso social. “Nossa presença na WUN viabiliza pesquisas de ponta, cria e reforça vínculos com instituições importantes de todo o mundo”, afirma a reitora.

A UFMG ocupa ainda, também representada pela reitora, a presidência da Associação das Universidades do Grupo Montevidéu, a AUGM e a vice-presidência da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (Aulp). Sandra Almeida exerce ainda a presidência da Comissão de Relações Internacionais da Andifes. “A passagem por posições de liderança em organizações como WUN e Aulp mostra que a UFMG concilia atuação regional e nacional relevante com inserção global muito positiva”, avalia.

Onze projetos apoiados pela WUN têm participação de pesquisadores da UFMG, em áreas como as da comunicação intercultural, das geociências, ciências biológicas e da saúde. Nesses empreendimentos, a Universidade tem parceiras com a Universidade Chinesa de Hong Kong; a Universidade de Gana, a Universidade de Alberta (Canadá), a Universidade de Southampton (Reino Unido) e a Universidade de Stanford (EUA).

 

APOIO FUNDEP 

Um dos projetos da WUN, liderado pelo professor Antônio Luiz Pinho Ribeiro, da Faculdade Medicina UFMG, tem participação direta da Fundep.

Nomeado Digital healthcare for post-pandemic non-communicable diseases (Saúde digital para doenças não transmissíveis pós-pandemia, em tradução livre), a partir de três cenários culturais e institucionais distintos, o projeto busca identificar formas pelas quais a telemedicina pode ajudar a desenvolver abordagens mais sustentáveis e assertivas para lidar com as necessidades urgentes de saúde, contribuindo para aprimorar os sistemas de saúde. 

O foco nas non-communicable diseases (ou doenças não transmissíveis) ocorre por essa categoria representar 80% das causas das mortes em países de baixa e média renda. Com a pandemia de covid-19, porém, os cuidados com essas doenças foram seriamente afetados. No entanto, a telessaúde e a saúde digital surgem como grandes alternativas para manter e melhorar os cuidados de saúde nesse período e na era pós-covid.  

Participam também do projeto professores da Universidade de Gana e da Universidade de Souththampton. Mais informações disponíveis na página do projeto no site do WUN.

 

Projeto do WUN apoiado pela Fundep é realizado por professores da Faculdade de Medicina da UFMG. Créditos: Arquivo UFMG/ Divulgação.
Projeto do WUN apoiado pela Fundep é realizado por professores da Faculdade de Medicina da UFMG.
Créditos: Arquivo UFMG/ Divulgação.

 

WORLWIDE UNIVERSITIES NETWORK 

A Worldwide Universities Network (WUN) é uma rede global de ensino superior e pesquisa composta por 25 universidades em 6 continentes. Partindo da premissa que pesquisadores e educadores competentes estão dispersos globalmente, a WUN busca reunir as principais universidades de contextos geográficos e culturais distintos. Assim, a instituição propicia a formação de parcerias ricas para solucionar os principais problemas de pesquisa.

Por meio de seu fundo de desenvolvimento de pesquisa, a WUN apoia pesquisas colaborativas que abordam os principais desafios globais: respondendo às mudanças climáticas; saúde pública; ensino superior e pesquisa globais; e entendendo as culturas.

Skip to content