Fundep

Projetos com apoio Fundep são 40% dos aprovados em chamada da Fapemig 

Postado em Impacto Fundep
chamada
Congressos e Encontros de áreas do conhecimento são formas de estimular o trabalho em rede de cientistas de diferentes localidades. Créditos: Congresso de Inovação e Metodologias no Ensino Superior e Tecnológico (CIM 2022), GIZ-UFMG/ Divulgação.

No total, Fundação de Apoio da UFMG realizará gestão de quase metade dos recursos da chamada.

 

Projetos com apoio da Fundação de Apoio da UFMG são 40% dos aprovados na chamada ‘Redes de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico com foco em demandas estratégicas realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Nove projetos foram selecionados, somando a quantia de R$12,7 milhões que serão geridos pela Fundep.

O objetivo da chamada é fomentar a criação e consolidar grupos de referência em áreas do conhecimento e setores estratégicos para Minas Gerais. No total, a Fapemig fará o aporte de R$ 30 milhões. Além da Universidade Federal de Minas Gerais, a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e o BH-Tec são instituições com projetos contemplados pela Chamada e que contarão com o apoio da Fundep.

Do total a ser repassado, a UFMG receberá 37% do valor. Quatro dos projetos selecionados da Universidade são vinculados ao Instituto de Ciências Biológicas (ICB): Rede Mineira de Pesquisa Translacional em Imunobiológicos e Biofármacos no Câncer (coordenado pelo professor Alexander Birbrair); Rede Mineira de Investigação em Mucosas e Peles (Ana Maria Caetano de Faria); Rede de Pesquisa em Imunobiológicos e Biofármacos para Terapias Avançadas e Inovadoras (Mauro Martins Teixeira); e Rede NanoBioMabs: produção e uso de anticorpos monoclonais e seus fragmentos como biofármacos em nanomedicina (Carlos Delfín Chavez Olortegui).

Outros dois são do Instituto de Ciências Exatas (ICEx): Rede Mineira de Inteligência Artificial na Reprodução Humana (Juan Carlos González Pérez) e Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos à Base de Nióbio para Uso nas Áreas de Saúde, Energia e Meio Ambiente (Luiz Carlos Alves de Oliveira). Da Faculdade de Farmácia, com o apoio Fundep, foi selecionado o projeto Órtese Inteligente para Cicatrização de Feridas: Nanomembrana com Biofármaco Multifuncional da Biodiversidade Brasileira, coordenado por Rachel Oliveira Castilho.

O docente Marco Aurélio Crocco Afonso, da Faculdade de Ciências Econômicas (Face UFMG) também teve proposta selecionada, porém vinculada a outro apoiado Fundep, o Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec), sendo o projeto nomeado Laboratório de Metodologias de Inovação (LabMIn): rede de desenvolvimento tecnológico para a aplicação de métodos em ambientes promotores de inovação.

Por fim, da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), o projeto ImunoBioLeish-Minas: Rede mineira de imunobiológicos aplicada a vacinas, biofármacos e diagnóstico para leishmaniose visceral, coordenado pelo professor Alexandre Barbosa Reis, foi selecionado na Chamada.

 

GRUPOS DE REFERÊNCIA 

A chamada ‘Redes de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico com foco em demandas estratégicas‘ contempla 22 projetos de universidades e instituições de pesquisa mineiras, com o valor total de R$ 30.018.484,91. O objetivo é gerar e consolidar grupos de referência em áreas do conhecimento e setores estratégicos para Minas Gerais, com ênfase na produção coletiva, no intercâmbio e na difusão do conhecimento.

 

A íntegra dos projetos selecionados pode ser conferida nesta lista.

Skip to content