Fundep

Parcerias pela ciência e tecnologia em todo o País

Postado em Notícias da Fundep
Equipe Fundep conhece projeto Eletrovias Inteligentes, que testa energias limpas para combustíveis. Foto: Equipe Gestão de Projetos/Divulgação

Seja no apoio a instituições sexagenárias, como a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), ou desde o nascimento delas, como a Federal do ABC (UFABC), Fundep está presente nas cinco regiões

No cenário das Fundações de Apoio, a década de 90 foi marcada por movimentos de estruturação e ampliação das responsabilidades das entidades no Brasil. Com base nas legislações aprovadas na época, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) passou a planejar a oferta da competência construída em gestão de projetos pela Fundep para outras instituições de ciência e tecnologia, como forma de atuação solidária no sistema de ensino superior e pesquisa no Brasil e também para fortalecer e viabilizar financeiramente a Fundação. 

Entre as 28 instituições apoiadas pela Fundep ao final de 2021 estão 11 institutos de ciência e tecnologia – como o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), o Instituto Nacional do Câncer (Inca) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) – e seis universidades federais. Também são apoiados 3 hospitais, 2 centros de tecnologia e 7 instituições diversas, como o Observatório Nacional do Rio de Janeiro, o Núcleo de Inovação Tecnológica da Marinha e o Museu Paraense Emílio Goeldi. A atuação da Fundep está nas cinco regiões do País.

A mais recente universidade apoiada pela Fundep é a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A parceria foi firmada em plena pandemia e nem o distanciamento imposto pela vigilância sanitária para a preservação de vidas impediu a atuação conjunta das duas instituições. Não por acaso, um dos projetos de maior interesse público apoiado pela Fundep na UFSM é o da parceria com a Universidade de Oxford para estudos com o imunizante Astrazeneca, produzido e solo brasileiro pela Fiocruz.

Em novembro, quando a parceria fez um ano, integrantes da Gerência de Projetos da Fundep visitaram a universidade sul-rio-grandense para estreitar o relacionamento com os pesquisadores, conhecer a infraestrutura, seus centros de pesquisa e laboratórios. Nos encontros, o time Fundep reuniu-se com pesquisadores da UFSM para entender suas demandas, apresentar as formas de trabalho da Fundação e buscar soluções frente aos desafios expostos.  A expectativa é ser apoio também para o desenvolvimento da instituição, que celebra em dezembro 61 anos disposta à renovação e ao contínuo crescimento, sendo referência entre as universidades federais não situadas em capitais.

Colaboradores Fundep explicam processos de gestão, compras e prestação de contas para pesquisadores com projetos apoiados. Foto: Equipe Gestão de Projetos/Divulgação

 

Apoio desde o nascimento

Já a Universidade Federal do ABC (UFABC), localizada no ABC Paulista (SP), a história é bem mais antiga e remonta ao próprio nascimento da instituição. Em 2006, a Fundep foi a responsável por gerenciar os recursos para a criação da instituição. Três anos depois, os Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia credenciaram a Fundep como a fundação de apoio da universidade. Parceira na criação das primeiras atividades da UFABC, a Fundação realizou a gestão da implantação da infraestrutura de ensino e pesquisa da Universidade. “A relação da UFABC com a Fundep está diretamente vinculada à própria história da Universidade. Antes mesmo de a Universidade formalizar o início de suas atividades e de receber seus primeiros estudantes e servidores, a Fundep já estava conosco, gerenciando recursos que garantiram as contratações iniciais da instituição”, afirma o reitor da UFABC, professor Dácio Roberto Matheus. 

Desde então, as instituições mantêm sólida parceria, e em 2021 a UFABC celebrou 15 anos de existência. Atulmente, a Universidade possui um corpo técnico formado por 758 profissionais, além de 784 docentes e mais de 15 mil discentes de graduação e pós-graduação. “Dentre tantas parcerias já firmadas, destaco o fundamental apoio da Fundep na oferta de cursos gratuitos de especialização, por meio da intermediação com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), na instauração da Unidade Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) na UFABC e na realização, a partir de articulações entre Universidade e indústria, dos nossos arrojados programas de pós-graduação, o Mestrado Acadêmico para Inovação e o Doutorado Acadêmico Industrial”, completa o reitor. 

Skip to content