Fundep

Fundep geriu 3,2 mil projetos de ensino, pesquisa e extensão em 2021

Postado em Notícias da Fundep
computador uma agenda azul da Fundep e do lado direito uma caneca branca com logotipo da Fundep. Ao Fundo, um calendário rosa com a logo UFMG.
Crédito: Tacyana Arce Relatório está postado no site da Fundação

Dados constam do Relatório de Gestão 2021, divulgado nesta terça-feira (17). Documento também mostra que Gestão de Concursos realizou 49 certames no ano, e os destaques da Gestão de Programas.  

 

A Fundação de Apoio da UFMG (Fundep) geriu cerca de 3,2 mil projetos de ensino, pesquisa e extensão, em 2021, procedentes da Universidade Federal de Minas Gerais e de outras 28 instituições de ciência e tecnologia autorizadas pela UFMG a receberem apoio administrativo da Fundep.  

 Os dados constam do Relatório de Gestão 2021 aprovado pelo Conselho Curador da Fundep e divulgado, nesta terça-feira (17). Além do desempenho da área de Gestão de Projetos, que geriu recursos da ordem de R$ 587 milhões, o documento também apresenta os resultados  das outras duas áreas nas quais a Fundep passou a se organizar em 2021: Gestão de Concursos e Gestão de Programas. 

 A frente Gestão de Concursos completou 30 anos em 2021 celebrando a retomada de certames que haviam suspensos ou cancelados em função da covid-19. Para enfrentar esse período de incerteza e continuar atendendo o interesse público, a Fundep desenvolveu a expertise de produções de certames online, garantindo a mesma segurança, idoneidade e transparência das seleções presenciais. Em 2021 foram 49 certames realizados.   

 A frente de Gestão de Programas é a mais recente da Fundep e foi implementada para permitir às instituições apoiadas integrar redes de desenvolvimento tecnológico e de inovação. Nesta frente, a Fundep atua como mediadora do processo, prospectando oportunidades, conectando atores e gerindo frentes de trabalho. Em 2021, a Fundação se destacou pela operação do Sibratecnano – programa de implantação de Rede de Centros de Inovação e Tecnologia – e pela coordenação das linhas IV e V do programa Rota 2030, iniciativa do Governo Federal para estimular o investimento e o fortalecimento das empresas brasileiras do setor automotivo por meio do desenvolvimento e da aplicação de novas tecnologias.  

 Nessas três frentes, a Fundação atua de ponta a ponta, desde a elaboração de propostas até a prestação de contas, passando pela prospecção de oportunidades captação de recursos, compras de bens de custeio e capital, importação, contratação de pessoal, assessoria jurídica, conexão de parceiros e prestação de contas.   

 O relatório apresenta ainda os resultados da Fundepar, agência que identifica, investe e desenvolve negócios com potencial de crescimento, entre os quais o BiotechTown, hub de inovação em bionegócios. Também é destaque pelo desenvolvimento de iniciativas do sistema de inovação, como o Outlab, programa de aceleração de negócios para laboratórios e núcleos de Institutos de Ciência e Tecnologia; e, mais recentemente, em 2021, o Verde – hub de Inovação em Energia Limpa e Renovável.  

 Confira o relatório na íntegra aqui.

Skip to content