Fundep

Fundep assume gestão de recursos para desenvolvimento da Spintec

Postado em UFMG
Jaime Ramírez: para a Fundep é uma honra gerir os recursos para o desenvolvimento da vacina mineira contra a covid-19.

Recursos da ordem dos R$ 30 milhões, oriundos da Prefeitura de Belo Horizonte, vão assegurar à UFMG condições de continuidade da pesquisa para desenvolvimento da vacina contra a covid-19

 

A Fundep será a gestora do patrocínio de R$ 30 milhões da Prefeitura de Belo Horizonte à UFMG para o desenvolvimento da vacina contra a covid-19. O termo de patrocínio foi formalizado pelo prefeito Alexandre Kalil, pela reitora Sandra Regina Goulart Almeida, pelo presidente da Fundep, Jaime Arturo Ramírez, e pelos secretários municipais de Saúde, Jackson Machado, e da Fazenda, João Antônio Fleury Teixeira nesta quinta-feira, dia 27, na sede do executivo municipal.

A Spintec é uma das três vacinas em estágio mais avançado no Brasil, e o suporte financeiro da Prefeitura da capital mineira vai assegurar o desenvolvimento das etapas 1 e 2 dos testes clínicos. A condução dos estudos está a cargo do CTVacinas, representado na cerimônia de assinatura do acordo pelos professores Ana Paula Fernandes e Ricardo Gazzinelli. O vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira também participou da solenidade.

Os recursos da Prefeitura serão usados no pagamento de despesas de custeio relacionadas à manutenção e a experimentos com os animais, na compra de reagentes (para avaliação da resposta imune, produção e formulação das vacinas), na produção de lotes de teste para análise da Anvisa, na supervisão dos ensaios, no preparo da documentação de pedido de registro, na execução dos testes pré-clínicos e nas duas etapas dos ensaios clínicos.

Todas essas etapas contarão com a expertise da Fundep que, desde o início da pandemia, tem apoiado distintos projetos e estruturas de pesquisa dedicados a abordagens variadas para o enfrentamento da pandemia.  Segundo Jaime Ramírez, “como Fundação de apoio da UFMG, a Fundep encara com honra e responsabilidade a missão de otimizar os processos e prover as soluções necessárias para que nada falte aos pesquisadores durante o processo de desenvolvimento da Spintec”.

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e a reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida.

A primeira parcela do contrato, estimada em R$ 6 milhões, será liberada até a próxima segunda-feira. As outras serão transferidas até dezembro, conforme proposta apresentada pela UFMG e aceita pela Prefeitura. Confira a reportagem completa aqui.

(Com Portal UFMG)