Fundep

2ª rodada de webinários discute os desafios e oportunidades que a mobilidade elétrica traz para a inovação no Brasil

Postado em Eventos C,T&I

Eventos serão realizados nos dias 27 e 29 de outubro e reúnem referências dos setores da mobilidade elétrica para contribuir com caminhos e respostas para movimentar a Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME)

 
A mobilidade elétrica – seja com veículos levíssimos, leves ou pesados – é uma resposta já concreta a vários desafios econômicos e ambientais em todo o mundo. O Brasil, com sua importante indústria automobilística e suas demandas muito particulares para o transporte de pessoas e cargas também abraça a mobilidade elétrica como mais uma oportunidade para promover o desenvolvimento econômico e social de maneira sustentável.
Neste contexto, a Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME) nasce como um espaço para a construção de metas de longo prazo para a mobilidade elétrica. A PNME é um esforço conjunto de atores do Governo, da Indústria e da Sociedade Civil e da Academia, considerando assim os pontos de vista tecnológicos, de políticas governamentais e do mercado, para a eletrificação do transporte. A Fundep atua na Comissão de Ciência e Tecnologia (CC&T) da Plataforma, juntamente com a Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, e o Instituto Clima e Sociedade (iCS). Saiba mais aqui.

DISCUSSÕES

Com o propósito de reunir referências dos setores da mobilidade elétrica para contribuir com caminhos e respostas para movimentar a Plataforma, iniciou o Ciclo de Webinários da PNME. Dois encontros já foram realizados, sobre impactos na saúde (26/08) e no meio ambiente (28/08).
MOBILIDADE ELÉTRICA E SAÚDE – evento do dia 26/08/2020 – assista na íntegra aqui
MOBILIDADE ELÉTRICA E MEIO AMBIENTE – evento do dia 28/08/2020 – assista na íntegra aqui
 

Os próximos eventos já estão com inscrições abertas. Acesse e se inscreva aqui

 

27/10 – Quais desafios e oportunidades a mobilidade elétrica traz para a inovação no Brasil?

A moderação será de Janayna Bhering Cardoso, gerente de Negócios e Parcerias da Fundep. Os debatedores são:

  • Flávia Consoni é Professora Dra. do Programa de Pós Graduação em Política Científica e Tecnológica e do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP. Seus temas de pesquisa envolvem as políticas públicas para promoção de cidades inteligentes e da mobilidade de baixa emissão, orientando alunos de graduação, mestrado e doutorado nestas temáticas. Como coordenadora do Laboratório de Estudos do Veículo Elétrico (LEVE), tem conduzido pesquisas em parcerias com a agência de cooperação alemã GIZ (Deutsche Gesellschaft Für Internationale Zusammenarbeit – GMBH), no âmbito do PROMOB-e (Projeto Sistemas de Propulsão Eficiente e com a CPFL (Projetos P&D Aneel).
  • Fernando Campagnoli  é Geólogo com mestrado pelo Instituto de Geociências da USP, doutorado em Engenharia Hidráulica e Recursos Hídricos pela Escola Politécnica da USP, pós-doutorado pelo Instituo Internacional de Ecologia foi pesquisador no IPT por 15 anos, sempre atuou no desenvolvimento de produtos aplicados. É Especialista em Regulação na ANEEL desde 2005 nos temas geração de energia e nos Programas regulados de P&D e Eficiência Energética. Na gestão pública foi Diretor de Produtos do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia do Ministério da Defesa e Coordenador-Geral da Amazônia Legal da Secretaria do Patrimônio da União do Ministério do Planejamento. Lotado atualmente na Superintendência de Pesquisa, Desenvolvimento e Eficiência Energética – SPE desde 2016 atuou na organização do Congresso de Inovação Tecnológica do Setor Elétrico (CITENEL) e no Seminário Nacional de Eficiência Energética (SEENEL). Hoje coordena a formação da Rede de Inovação no Setor Elétrico – RISE, que reúne agentes do setor elétrico, grupos de pesquisa nacionais e internacionais e representantes da indústria, para o desenvolvimento de produtos com inserção no mercado, por meio dos Programas de P&D e Eficiência Energética regulados pela ANEEL.
  • Wanderlei Marinho da SIlva é engenheiro eletricista pela Universidade Santa Cecília (1990) e possui Doutorado (2004) e Mestrado (1998) em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo-USP. Desde 2011 atua como Coordenador Acadêmico do curso Executive Program on Project Management na The George Washington University School of Business em Washington DC-EUA em parceria com a FGV-ISAE – Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul. Exerce suas funções atualmente como Assessor na Coordenadoria Geral de Negócios da empresa AMAZUL – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. É professor dos cursos de MBA da Fundação Getúlio Vargas-FGV, atuando nas disciplinas de Gestão Estratégica e Workshop de Gerenciamento de Projetos e Metodologias Ágeis. É Coordenador do Módulo de Veículos Híbridos e Elétricos no Curso de Pós-Graduação do Instituto Mauá de Tecnologia – IMT.
29/10 – Por que a mobilidade elétrica compensa para nossa economia?

A moderação será de Bernardo Annoni, líder de Projetos de Inovação da Fundep. Os debatedores são:

  • Cristina Albuquerque é Gerente de Mobilidade Urbana do WRI Brasil. Engenheira de Produção pela UFRGS é também mestre em Engenharia de Transportes e Especialista em gestão de Projetos pela mesma universidade. Cristina trabalha para melhorar a qualidade do transporte público urbano e reduzir seus impactos ambientais. Estimulando assim, sistemas de transportes mais eficientes e sustentáveis.
  • Ricardo Debiazi Zomer é servidor público federal ocupante do cargo de Analista de Comércio Exterior. Atua desde 2014 com temas relativos à indústria automotiva, e desde 2019 como coordenador na Coordenação da Indústria Automotiva da Subsecretaria da Indústria, órgão integrante da Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Economia. Atuou desde 2014 junto à cooperação alemã para formatação e execução de projeto de cooperação técnica na área da mobilidade elétrica e representa o Ministério da Economia no Conselho Gestor da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica.
  • Wagner Setti é formado em Engenharia Elétrica e tem extensão universitária em administração, gerência de projetos, vendas/marketing. Desde 1999 está na “WEG” Equipamentos Elétricos nas áreas de Coordenação Comercial/Vendas e há 11 anos ocupa o cargo de Especialista em “Relações Institucionais e Governamentais” do Grupo WEG, sendo representante corporativo da empresa em Fóruns, Câmaras e Conselhos em Entidades de Classe (SINDIPEÇAS, ABVE, ABIMAQ, ABINEE, FIESP, CNI, ABEEOLICA, ABSOLAR, etc) e Governo (ME, MME, ABDI, MCTIC, BNDES, INMETRO, etc).
  • Luiz Fernando Krieger é Geólogo formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), possui mestrado em Ciências Ambientais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutorado em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), com ênfase em Ecologia Econômica. Atualmente é Oficial de Assuntos Econômicos da Comissão Econômica para  América Latina e Caribe (CEPAL) das Nações Unidas. Já foi Vice-Presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA (2004/2006) e Assessor Especial da Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (2007/2009).

 

Acesse e se inscreva aqui

 

SOBRE A PNME

A Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica (PNME) existe desde 2020 como um espaço para fomentar o desenvolvimento do setor no Brasil, agregando mais de 30 instituições da indústria, poder público, sociedade civil e academia. Desde então, a Plataforma estruturou sua governança, estabelecendo um Conselho Gestor para liderar o direcionamento das ações, subsidiado por Grupos de Trabalho e Comissões, como a Comissão de Ciência e Tecnologia (CC&T).
Saiba mais sobre a PNME.

Skip to content