Fundep

Transformando ideias em negócios no Triângulo Mineiro

Postado em Fundepar

Inspirado na cultura empreendedora americana, em que a criança é estimulada a ganhar seu primeiro dólar vendendo limonada em uma banca, o programa Lemonade busca impulsionar quem tem uma ideia a colocá-la em prática, criar um produto novo e, assim, desenvolver um negócio. Criado pela Fundep Participações (Fundepar), o Lemonade tem se consolidado como um dos maiores programas de pré-aceleração de empresas de base tecnológica do Brasil e está realizando sua 3ª edição. Desta vez, o cenário é a cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Mais de 80 equipes se inscreveram para participar do processo seletivo, das quais 31 foram selecionadas para avaliação presencial. Na última sexta-feira (29 de abril) foram apresentados os nomes das 15 empresas que iniciam a pré-aceleração no Lemonade. As ideias são variadas, com destaque para o desenvolvimento de aplicativos e sistemas que contemplam áreas da música, agronegócio, imobiliária, bares e restaurantes e até envolvendo novos talentos do futebol. Clique aqui e conheça a lista completa dos negócios selecionados para a terceira turma do programa.

Mais de 300 pessoas participaram dos quatro meetups que ocorreram na fase pré-operacional. Nos encontros, os empreendedores puderam ampliar a rede de network, apresentar suas ideias e formar ou completar as equipes para participar do processo seletivo. Para o coordenador do Lemonade, Aluir Dias, trazer o programa para o Triângulo Mineiro é uma ótima oportunidade para ajudar no desenvolvimento do ecossistema no interior do Estado. “A intenção é potencializar as ideias e tecnologias das universidades locais, ajudando-as a se tornarem negócios”, explica.

Dada a largada

A primeira etapa de trabalhos desta terceira turma terá a duração de cinco semanas, quando os empreendedores trabalharão na validação do seu negócio. Ao final deste período, eles devem atingir a meta de validação do MVP (mínimo produto viável) que, na prática, significa que eles testaram suas soluções junto ao mercado. Uma banca formada por profissionais qualificados avaliará criteriosamente quais são as equipes com maior grau de evolução e que, portanto, estarão bem preparadas para passar para a fase 2. Nas três últimas semanas, os finalistas selecionados irão trabalhar na construção do business case e na finalização da primeira venda!

Realização

O Lemonade é um programa de pré-aceleração realizado pela Fundepar e co-realizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes) por meio do Sistema Mineiro de Inovação (SIMI) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (Fapemig) (Fapemig), pela Techmall  aceleradora de startups, e pelo Sebrae Minas.

O Lemonade 3 conta, ainda, com o apoio das principais instituições de ensino mineiras: Universidade Federal de Uberlândia (UFU); Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (Esamc); Faculdade Católica de Uberlândia; Faculdade Politécnica de Uberlândia; Faculdade do Trabalho (Fatra); Puc Minas; Sesi Senai; Microsoft Innovation Center além da I9 e Minas Startup.

Edições anteriores

A primeira edição do Lemonade foi realizada na capital mineira, em 2015. Ao total, 27 negócios foram pré-acelerados, com quatro finalistas que contaram com investimentos ao final do programa e a aceleração pela Techmall. Mais de 300 horas de conteúdo foram ministradas, além de 100 mentores colaborando diretamente com os empreendedores. Uma das finalistas do programa, a LeanCare, foi selecionada para participar do startup Chile no primeiro semestre de 2016. A segunda turma do Lemonade, também em BH, foi iniciada em 2015 e concluída neste ano, mais de 100 equipes se inscreveram, das quais 27 foram selecionadas para entrar na pré-aceleração.