Fundep

Rota 2030 Linha IV: Resultado Final da 1ª Rodada de Chamadas Públicas dos Eixos I, II e III

Postado em Rota2030

A Fundep divulgou nesta quinta-feira, 3 o Resultado Final da 1ª Rodada de avaliação de propostas para as Chamadas Públicas da Linha IV – Ferramentarias Brasileiras mais Competitivas, do Programa Rota 2030.

O resultado é referente ao EIXO I – Aperfeiçoamento e implementação; EIXO II – Pesquisa, desenvolvimento e inovação; e EIXO III – Pesquisa e desenvolvimento disruptivosAs chamadas seguem fluxo contínuo e novas propostas podem ser submetidas até 21/09.

Foram aprovadas duas propostas desenvolvidas por Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), em parceria com empresas.

Clique aqui e acesse o resultado.

Sobre o Eixo I – Aperfeiçoamento e implementação

Projetos constituídos por um conjunto de trabalhos sistemáticos baseados em conhecimentos pré-existentes obtidos por meio de pesquisa ou experiência prática, buscando evidente e pontual aperfeiçoamento de produtos já produzidos ou de processos já aplicados. Esse aperfeiçoamento deve traduzir-se em redução de custo e/ou de tempo de produção ou em melhoria da qualidade de ferramentais para o setor automotivo.

Sobre o Eixo II – Pesquisa, desenvolvimento e inovação

Projetos constituídos por um conjunto de trabalhos sistemáticos baseados em conhecimentos pré-existentes obtidos por meio de pesquisa ou experiência prática, buscando evidente renovação de produtos já produzidos ou de processos já aplicados. Essa renovação deve traduzir-se em redução de custo e/ou de tempo de produção em pelo menos 30% ou em melhoria da qualidade de ferramentais para o setor automotivo.

Sobre o Eixo III – Pesquisa e desenvolvimento disruptivos

Projetos com caráter disruptivos em termos tecnológicos, constituídos por atividades baseadas na aplicação de ideias e procedimentos inovadores, cujos resultados potenciais representem um diferencial da ferramentaria brasileira em nível global.

Sobre a Linha IV

O setor ferramenteiro está em destaque no Programa Rota 2030. A Linha IV – Ferramentarias Brasileiras mais Competitivas visa solucionar as dificuldades de empresas com baixa produtividade e defasagem tecnológica, capacitando a cadeia de ferramental de produtos automotivos para atingir competitividade em nível mundial.

A partir da aliança entre os principais atores que representam o conhecimento do setor (empresas, entidades representativas e Instituições de Ciência e Tecnologia – ICTs), serão habilitadas as competências necessárias para capacitar a cadeia de ferramentarias.

A Coordenação técnica a Linha IV é do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

Chamadas Públicas

As chamadas da Linha IV – Ferramentarias Brasileiras mais Competitivas são para projetos de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) em parceria com empresas e startups de todo o Brasil, com o intuito de apoiar e fomentar intercâmbio científico e tecnológico entre grupos de pesquisa e a cadeia automotiva para o desenvolvimento de programas de capacitação técnico-científico-gerencial para elevar a produtividade e competitividade da cadeia nacional de ferramentaria ao patamar mundial.

Saiba mais: Clique aqui.