Fundep

Rota 2030: Fundep irá aportar até R$ 33 milhões em projetos de PD&I da Linha V

Postado em Rota2030

A Fundep lançou nesta quarta-feira, 10, a Chamada Pública de PD&I 01/2021 da Linha V – Biocombustíveis, Segurança Veicular e Propulsão Alternativa à Combustão, do Programa Rota 2030. Serão aportados até R$ 33 milhões em projetos desenvolvidos por Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) em parceria com empresas e startups de todo o Brasil. As informações foram divulgadas durante Live da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA).

O prazo de submissão de propostas vai até o dia 9 de abril.

Confira a Chamada

Eixos Temáticos

A Chamada Pública está dividida em três eixos:

  • Eixo I – BIO: Bioenergia eficiente aplicada ao setor dos transportes

O objetivo geral do eixo é viabilizar o uso de biocombustíveis em motores a combustão e/ou híbridos, de forma a promover a melhoria e o aumento de eficiência e desempenho, além da redução de emissões em sistemas de propulsão automotiva.

  • Eixo II – CONSEV: Condução segura e eficiente de veículos

O Eixo tem o objetivo geral de contribuir para o fortalecimento da indústria automotiva, com o desenvolvimento e aperfeiçoamento de dispositivos e subsistemas de segurança ativa e passiva capazes de reduzir as fatalidades e lesões no setor de transportes. Abrange o desenvolvimento de tecnologias de caráter nacional e a garantia de adaptação das inovações tipicamente importadas por meio da aplicação de conhecimento desenvolvido no Brasil.

  • Eixo III – PAC: Propulsão alternativa à combustão

O objetivo é contribuir para a indústria automotiva com a criação de novas tecnologias, principalmente de sistemas e componentes (peças) voltados para veículos elétricos e híbridos, ou seja, de propulsão alternativa à combustão. As propostas devem alavancar o estágio de desenvolvimento de tecnologias existentes, realizar testes e validações dos protótipos/pilotos e promover avanços tecnológicos.

Cada eixo possui linhas temáticas específicas.

Recursos

A Fundep irá aportar até R$ 11 milhões em cada um dos eixos da Chamada, totalizando R$ 33 milhões. As propostas submetidas devem obedecer às faixas A ou B. Na Faixa A, serão aportados até R$ 1 milhão por projeto. Já na Faixa B, o valor de aporte será de até R$ 2,5 milhões por projeto.

Contrapartida

É obrigatória a contrapartida financeira e/ou econômica de, ao menos, 10% para o conjunto de ICTs e 30% para o conjunto de empresas.

Bolsas

As propostas devem destinar valor mínimo para pagamento de bolsas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado. Para projetos da Faixa A, pelo menos 15% do total de recursos financeiros aportados pela Fundep. Para a Faixa B, é necessário destinar pelo menos 20% do total de recursos financeiros aportados.

Cronograma

Etapas de avaliação

Linha V

A Linha V – Biocombustíveis, Segurança Veicular e Propulsão Alternativa à Combustão tem como diretriz a eletrificação do powertrain veicular para a alta eficiência energética, a utilização de biocombustíveis para a geração de energia e a adequação do contexto brasileiro de infraestrutura de abastecimento.

A partir da aliança entre os principais atores que representam o conhecimento do setor (empresas, entidades representativas e Instituições de Ciência e Tecnologia – ICTs), serão habilitadas as competências necessárias para capacitar a cadeia automotiva.

A Fundep é a coordenadora da Linha V. A coordenação técnica é da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI) e da Universidade Estadual do Ceará (UECE).