Fundep

Prof. Sérgio Costa integra a Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento

Postado em Notícias da Fundep

O professor Sérgio Costa Oliveira, do Instituto de Ciência Biológicas (ICB) da UFMG, foi eleito para integrar a Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (Twas – sigla em inglês). Também presidente do Conselho Curador da Fundep, o professor tomará posse em 2012, em um encontro da Academia na China. Assim como ele, outros 44 membros assumirão o posto.

Dos novos eleitos, sete são brasileiros: o diretor científico da Fapesp, Carlos Henrique de Brito Cruz; o presidente do CNPq, Glaucius Oliva; a professora do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, Ohara Augusto; professor da Universidade Federal de São Carlos, Edgar Dutra Zanotto; o professor da Universidade Federal de Alagoas, Hilário Alencar da Silva; e a professora da UFRGS, Thaisa Storchi-Bergmann.

Os novos membros foram indicados por renomados cientistas. Como requisitos, eles deveriam ser pesquisadores residentes nos países em desenvolvimento, com atuação voltada para promoção da ciência que atenda a necessidades dos países, além de trabalhar para formação de pesquisadores.

Novas missões do professor Sérgio Oliveira

Os integrantes da TWAS participam de comissões que promovem ações destinadas a alavancar projetos científicos. “Passo a ter novas missões, de caráter mais global, mas basicamente continuo com as mesmas responsabilidades relacionadas à pesquisa e à promoção da ciência”, diz o professor, em entrevista ao Boletim UFMG. Para ele, a participação de pesquisadores da UFMG em uma organização como a TWAS contribui também para a internacionalização da Universidade. Já são membros da Academia os professores Sergio Danilo Pena e Ricardo Gazzinelli, também do ICB.

Sobre a TWAS

A TWAS é uma organização internacional autônoma, que tem a missão de promover a excelência científica para o desenvolvimento sustentável do Sul. A entidade conta com quase mil membros – cientistas de renome internacional, eleitos por seus pares – e também com membros associados.

Para mais informações, acesse o site da Twas.