Fundep

Presépio do Pipiripau encanta o público. Visite!

Postado em UFMG

A história de Jesus Cristo tem um cenário mais que especial em Belo Horizonte. O Presépio do Pipiripau, localizado no Museu de História Natural e Jardim Botânico (MHNJB) da UFMG, narra, em um palco de 45 cenas com 586 personagens e peças, a história do Filho de Deus – desde o seu nascimento, com a figura do Menino Jesus mexendo os pezinhos na manjedoura, à sua morte, com efeitos de raios e trovões, e ressurreição.

Com peças modeladas em argila, papel machê, conchas e outros materiais; e engenhoso maquinário que dá movimento aos quadros (feito de barbante, carretéis de linha, polias, mecanismos de relógio, radiola, gramofone e vários outros itens), o Pipiripau foi todo criado pelo artesão Raimundo Machado Azeredo. Ele começou a montar um presépio aos 12 anos de idade, em 1906. O que inicialmente era uma caixinha de sapato se tornou um grandioso complexo artístico tombado como patrimônio cultural.

Visite

Durante o mês de dezembro/2018, nos finais de semana, as sessões do Presépio do Pipiripau acontecerão nos seguintes horários: 11h, 12h, 12h30, 14h, 15h, 16h, 17h, e em caso de lotação e fila de espera, os horários extras a serem oferecidos serão 11h30, 14h30, 15h30, 16h30 e 17h15.

Mais informações: https://www.ufmg.br/mhnjb/exposicao/presepio-pipiripau/

O Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG fica na Rua Gustavo da Silveira, 1.035, bairro Santa Inês.

Parceria Fundep

A Fundep faz parte da história do Presépio no Museu de História Natural e Jardim Botânico. A Fundação apoiou a Universidade na compra da obra, em 1976, e manteve a parceria com o idealizador da obra, o artesão Raimundo Machado, durante toda a sua vida. Desde 1984, o Presépio é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A Fundep também gerenciou o projeto de restauração da obra, reinaugurada em abril de 2017. Clique aqui e confira como foi a participação da Fundep.