Fundep

Pesquisa utiliza nanopartículas de prata no combate às cáries

Postado em Notícias da Fundep

Um estudo desenvolvido pelo Centro Nacional de Pesquisas Estratégicas do Nordeste (Cetene) em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) promete dar fim aos dias de sofrimento no tratamento dentário. O método utiliza usa nanopartículas de prata contra as bactérias que provocam cáries e apresentou resultados animadores.

Segundo o pesquisador André Galembeck, 5 mil crianças foram avaliadas e metade recebeu o tratamento. “Com uma única aplicação na região lesionada, conseguimos paralisar dois terços das cáries das crianças. É um resultado fantástico, pois abre perspectivas excelentes, inclusive para a prevenção e para a remineralização do dente”, explicou.

Para André Galembeck, que é diretor do Cetene, o uso de nanopartículas de prata, que têm ação bactericida, representa uma mudança de paradigma no tratamento dentário. “Em muitos tipos de cárie estudados, conseguimos paralisar sem precisar remover o tecido cariado e, com isso, mudar a maneira de tratar o problema. Não temos dúvidas de que isso pode ser muito útil para o arsenal de instrumentos à disposição dos dentistas.”

O estudo do Cetene em parceria com a UFPE demonstra como a nanotecnologia pode ser usada em benefício da população. Nanotecnologia é o estudo da matéria em uma escala atômica e molecular, ou seja, numa escala minúscula, que equivale a um bilionésimo de metro. A ação antibactericida das nanopartículas de prata já era estudada, mas a sua aplicação no tratamento de cárie é inovadora.

“Hoje, se uma pessoa do grande público que não tem conhecimento científico me perguntar para que serve a nanotecnologia, posso dizer que é para tratar cárie sem a necessidade de usar broca”. Cetene é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) criado em 2005 para apoiar o desenvolvimento tecnológico da Região, promovendo a integração entre conhecimento, fomento e sociedade.

Fonte: Portal Brasil