Fundep

Maior Hackathon do mundo anuncia soluções para a pandemia da Covid-19

Postado em Eventos C,T&I

Incubadora da N.A.S.A  anuncia melhores ideias de sua maratona no dia 4, às 20h, pelo Youtube. Fundep apoia a iniciativa

 

No último fim de semana de maio, aconteceu o NASA International Space Apps COVID-19 Challenge, edição extraordinária – competição internacional realizada simultaneamente em 80 países. Considerado um dos maiores Hackathons do mundo, o evento é promovido todos os anos pela incubadora da NASA. Nesta edição especial a maratona de 48 horas foi 100% digital e os participantes trabalharam em equipes para buscar soluções que minimizem o impacto da pandemia da Covid-19. A Agência Espacial Americana (NASA), a Agência Espacial Européia (ESA) e a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), abriram suas bases de dados, colhidos através de missões, pesquisas e tecnologias para apoiarem os participantes no desenvolvimento dos projetos.

O Space Apps Brazil, nesta edição voltada aos desafios da Covid-19, examina bases e fundamentos científicos, em busca de uma resposta humana e econômica ao vírus. “Há uma tremenda necessidade de nossa engenhosidade coletiva no momento”, reforça Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA. “Não consigo imaginar um foco mais digno do que a Covid-19 para direcionar a energia e o entusiasmo de todo o mundo com o Space Apps Challenge, que sempre gera soluções surpreendentes.”

Desde o início do surto global, os especialistas da NASA, ESA e JAXA vêm explorando maneiras de como usar os dados exclusivos para colaborar na compreensão e interação do mundo diante dos impactos da pandemia – de escala global para local – para potencializar nossa capacidade de combatê-lo. Para esta jornada, a Agência Espacial Americana lançou 12 desafios relacionados à Covid-19, que vão desde o estudo do novo coronavírus que causa a COVID-19 e sua disseminação para o impacto que a doença está causando no sistema terrestre.

 

Neste ano o NASA International Space Apps Challenge está programado em dois momentos, em 30 e 31 de maio, com o especial Covid-19, e em 02 e 03 de outubro, o Space Apps Challenge anual.

 

COMO FUNCIONou O HACKATHON?

O Nasa International Space Apps Challenge edição Covid-19 contou com uma plataforma que deu suporte aos participantes brasileiros, proporcionando toda a jornada do Hackathon em português, conectando com os desafios globais e com a ferramenta da NASA. Durante o hackathon, as equipes acompanharam webinars técnicos e receberam mentorias de especialistas.

Durante 48 horas os times criaram, desenvolveram e entregaram um protótipo da solução para um dos 12 desafios propostos. Tal iniciativa tem metodologia exclusiva do Space Apps Brazil em parceria com a Panic Lobster e o Founders Institute, visando estimular o melhor de cada equipe e tendo como resultado projetos de excelência, que possam não apenas vencer a competição global, mais também serem acelerados pelo Programa Founders Institute Brazil.

 

DESAFIOS

Confira os desafios do hackathon:

Planeta Tranquilo: o surto da COVID-19 e as recomendações de distanciamento social e restrições relacionadas levaram a numerosas mudanças de curto prazo na atividade econômica e social em todo o mundo, as quais podem ter impactos em nosso meio ambiente. Seu desafio é usar dados espaciais para documentar as mudanças ambientais locais e globais causadas pela COVID-19 e as respostas sociais associadas.

Ilumine o Caminho: a pandemia da COVID-19 iniciou mudanças nos movimentos e atividades da população humana em todo o mundo. Seu desafio é usar as observações da Terra para explorar como a atividade humana e os padrões regionais de movimento humano terrestre podem ter mudado em resposta à Covid-19.

Onde há um Link, há um Caminho: desde o início da pandemia da COVID-19, houve uma proliferação de sites e portais desenvolvidos para compartilhar recursos sobre o assunto. Seu desafio é encontrar maneiras inovadoras de apresentar e analisar informações integradas e em tempo real sobre os fatores ambientais que afetam a disseminação da Covid-19.

Uma Nova Perspectiva: devido à pandemia da COVID-19, as áreas protegidas e outras formas de áreas silvestres (por exemplo, arbustos, praias, parques, monumentos marinhos) foram fechadas em todo o mundo. Seu desafio é liderar o esforço para examinar possíveis impactos da redução do tráfego humano nesses locais que são ecossistemas naturais protegidos.

A Arte de Tudo: o que você aprendeu sobre você ou o mundo como resultado de viver a pandemia da COVID-19? Seu desafio é expressar sua experiência de viver esse tempo histórico através de uma obra de arte.

ODS e COVID-19: este desafio convida você a analisar o impacto da COVID-19 nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas (ONU), observando as mudanças atuais e em andamento nos indicadores de monitoramento dos ODS da ONU usando observação da Terra / sensoriamento remoto e produtos de análise derivados do modelo do sistema global da Terra.

Alimento para o Pensamento: seu desafio é considerar a jornada dos alimentos até o seu prato, determinar como as disrupções da pandemia da COVID-19 estão afetando o suprimento de alimentos local e globalmente e propor soluções para resolver esses problemas.

Purificar o Suprimento de Ar: o tempo que você passa em ambientes fechados aumentou durante a pandemia da COVID-19 como resultado das políticas de ficar-em-casa aplicadas no mundo todo? Seu desafio é usar a Estação Espacial Internacional (ISS) como inspiração e desenvolver um sistema para monitorar e / ou purificar o ar interno. Depende de você se o sistema que você desenvolve poderá ser usado na Terra (por exemplo, em residências, empresas, transporte, etc.) e / ou no espaço.

Fatores Humanos: o surgimento e a disseminação de doenças infecciosas, como a COVID-19, estão aumentando. Você pode identificar padrões entre a densidade populacional e os casos da COVID-19 e identificar fatores que podem ajudar a prever pontos críticos da propagação da doença?

A Solução do Isolamento: as políticas de distanciamento social adotadas em todo o mundo durante a pandemia da COVID-19 deixaram muitas pessoas socialmente (fisicamente) isoladas. Seu desafio é desenvolver soluções inovadoras para combater o isolamento social.

Um mundo distante: seu desafio é identificar problemas sociais pandêmicos que possam ter efeitos colaterais no espaço, preparar-se para os efeitos colaterais no espaço e/ou avaliar o apoio na Terra e os riscos no espaço, para incluir riscos psicológicos e técnicos.

Uma Avaliação Integrada: seu desafio é integrar vários recursos derivados da Observação da Terra com dados socioeconômicos disponíveis, a fim de descobrir ou aprimorar nossa compreensão dos impactos da COVID-19.

 

SOBRE O SPACE APPS

O Space Apps é uma hackathon internacional que ocorre em cidades ao redor do mundo. Desde 2012, as equipes se envolvem com os dados gratuitos e abertos da NASA para resolver problemas do mundo real na Terra e no espaço. O COVID-19 Challenge é o primeiro hackathon virtual global do programa. O Space Apps 2019 incluiu mais de 29.000 participantes em 225 eventos em 71 países, desenvolvendo mais de 2.000 soluções hackathon ao longo de um fim de semana.

 

Realização, Organização e Operação

O NASA Space Apps COVID-19 Challenge é uma realização da Agência Espacial Americana (NASA), da Agência Espacial Européia (ESA) e da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA).

Organização fica a cargo do movimento SPACE APPS BRAZIL: Jupter, Founder Institute Brazil e Seasteading institute. O hackathon é operado pelo Movement For A [NEW] Future, Panic Lobster, Start Idéia, Exohub e Pocket. A Fundep apoia a iniciativa.

Saiba mais >>

spaceappsbrazil.com

www.facebook.com/SpaceAppsBrazil/

www.instagram.com/spaceappsbr/

twitter.com/SpaceAppsBrazil