Fundep

Lançamento do BiotechTown promove integração para o desenvolvimento econômico

Postado em Agenda

Nesta quinta-feira, dia 5 de julho, o Brasil ganhou seu primeiro centro privado e integrado para o desenvolvimento de bionegócios – o BiotechTown. O lançamento reuniu na sede, em Nova Lima, cerca de 250 convidados, entre especialistas, investidores, empreendedores e pesquisadores renomados das áreas de Biotecnologia e Ciências da Vida.

Na abertura, o CEO do BiotechTown, o professor e pesquisador Pedro Vidigal, resgatou a idealização do centro que foi construído por meio da parceria entre a Fundep, sua agência de inovação, a Fundepar, e a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), e que conta com o apoio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Associação Nacional de Empresas de Biotecnologia (Anbiotec), e do projeto CSul – Desenvolvimento Urbano. “Com parceiros como esses, o BiotechTown será capaz de promover o desenvolvimento de ponta a ponta dos empreendimentos, realizando a estruturação de negócios; a criação de produtos e serviços; a produção comercial; networking; e o lançamento de inovações para o mercado”, ressalta.

Karin Mayer Rubinstein, referência internacional em ecossistemas tecnológicos, participou da cerimônia, abordando as potencialidades do ecossistema de inovação e posicionando Minas Gerais como polo de biotecnologia no país. “O BiotechTown marca o começo da sincronização entre diversas iniciativas que estão acontecendo no Brasil, na América Latina, em Israel e em outras grandes potências da área. Esse é o caminho: conectar pessoas e instituições para trazer mais desenvolvimento para o mercado de biotecnologia”.

Abordando o mercado de biotecnologia nacional, o evento promoveu, também, um bate-papo com importantes players: Leopoldo Lima, gerente de Inovação e Startups do Hospital Albert Einstein; Janayna Bhering, CEO da Safe Test Diagnósticos; e Leonildes Rezende Jr., diretor da Ampligenix Biotec. Quem conduziu a troca de ideias foi Leandro Rocha, sócio diretor da In3 Inteligência de Mercado: “os mercados ancorados na Biotecnologia e nas Ciências da Vida têm características específicas e que precisam de apoio especializado para o seu desenvolvimento. Por isso, o BiotechTown torna-se uma iniciativa fundamental”.

Contribuindo com o bate-papo, Ramon Azevedo, CEO da Fundepar, enfatizou a importância da inauguração do centro para o desenvolvimento da economia nacional. “Quando falamos de biotecnologia, estamos abordando as Ciências da Vida, uma área com capacidade enorme de geração de renda e que traz soluções que impactam a vida das pessoas. Toda a estrutura planejada para o BiotechTown forma uma iniciativa única e com alto potencial de desenvolvimento para a economia e para a sociedade de forma geral, trazendo, assim, oportunidades de diferenciar o nosso país”. O presidente da Fundep, o professor Alfredo Gontjo, também participou da programação ressaltando seu otimismo em relação à conexão universidade e mercado. “O trabalho de um empreendedor é muito similar ao de um pesquisador. Por isso, de uma forma indissociável, eu percebo esse movimento como um marco para a geração e para a prática do conhecimento, conectando universidade, mercado e sociedade”.

Lançamento com oportunidade à vista

A inauguração do BiotechTown também foi marcada pelo anúncio da primeira edição de seu Programa de Desenvolvimento de Negócios. A chamada é focada em startups que estejam em estágio de validação ou crescimento e busquem soluções inovadoras em biotecnologia, principalmente nas áreas de diagnóstico in vitro, health tech, agronegócios e alimentos.

Os negócios selecionados serão impulsionados por um plano individual e customizado, metodologia especializada, expertise técnica, networking, acesso a extensa rede de parceiros e, ainda, investimento de até R$150mil em capital semente. A expectativa é que as startups participantes atinjam um novo patamar operacional após 12 meses de acompanhamento.

As inscrições foram abertas no evento e seguem até o dia 26 de agosto. Clique aqui para saber mais e fazer sua inscrição.

 

O BiotechTown

Com o objetivo de impulsionar iniciativas empreendedoras das áreas de Biociências e Biotecnologia no mercado nacional e internacional, o BiotechTown fornecerá o ambiente e recursos necessários ao desenvolvimento de empresas, produtos e negócios. O centro oferecerá, ainda, suporte em diversas áreas que incluem assuntos regulatórios, inteligência de mercado, prospecção tecnológica, entre outras soluções, promovendo uma rede de mentores e parceiros globais.

O BiotechTown inicia sua atuação com o Business Developer, que utilizará metodologia customizada de desenvolvimento de empresas nascentes e realizará investimentos financeiros visando expandir e escalar os negócios. Seu projeto de expansão inclui a implantação do Open Lab e do Contract Manufacturing Organization (CMO), modelos que oferecerão infraestrutura laboratorial, equipamentos e profissionais para atender demandas empresariais que visam o desenvolvimento rápido de produtos e sua produção, minimizando os custos e investimentos das empresas.

Saiba mais sobre o BiotechTown.