Fundep

Hacktown reúne diversidades do ecossistema de inovação do país

Postado em Ciência, Tecnologia e Inovação

Entre os dias 6 e 9 de setembro, Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais, vai receber, pelo quarto ano, o maior festival de inovação do Brasil – o Hacktown. Ocupando auditórios, teatros, restaurantes, praças e até garagens, o evento vai hackear toda a cidade integrando profissionais de diversos segmentos. Serão mais de 300 palestras e workshops sobre tecnologia, cultura e inovação.

Tem ciência, tem Fundep

Compondo a programação do dia 8, a Fundepar – agência de inovação da Fundep que identifica, investe e desenvolve negócios com alto potencial de crescimento e geração de produtos para a sociedade – vai reunir empresas de seu portfólio no debate “O impacto do investimento semente em tecnologias disruptivas”. Participam do painel as empresas Myleus Biotecnologia (primeira empresa brasileira a atuar em análises genéticas para Food Safety) e Logpyx (gestão de pátio e transporte). Os empreendedores que receberam investimento de capital semente, contarão suas histórias e a relevância de terem recebido o apoio no estágio inicial de desenvolvimento de suas tecnologias.

Ainda no sábado, dia 8, Alison Marczewski, da UFMG, vai falar sobre “IA e Blockchain em Saúde: o que podemos esperar dessa combinação nos próximos anos?” , abordando um tipo de base de dados que guarda um registro de transações permanente e à prova de violação. Alison é líder técnico da Kunumi, empresa focada em transformar organizações por meio da aplicação de Inteligência Artificial, e que também é investida pela Fundepar.

Palestrantes de grandes organizações também participarão do evento, como Dennis Wang do Nubank; Milena Brentan da Airbnb; Flávio Proença do Google; e Natasha Bontempi da IBM. Além das atividades oficiais, haverá diversos acontecimentos independentes, como feiras gastronômicas e showcases com artistas emergentes.

Cobertura Fundep

A Fundep vai marcar presença no festival, acompanhando as principais atividades de tecnologia e inovação da programação. Em parceria com o Simi – Sistema Mineiro de Inovação –, a Fundação fará uma cobertura especial no site e nas redes sociais.

O “Vale da Eletrônica”

Santa Rita do Sapucaí localiza-se entre os três maiores centros econômicos e comerciais do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Abrigando a ETE – Escola Técnica de Eletrônica; a FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação; e o Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações, a cidade transformou-se em um polo gerador de ideias que atraem mentes criativas e inovadoras de todo o mundo.

Hoje, o município abriga mais de 160 empresas de tecnologia e ganhou o apelido de “Vale da Eletrônica”, sendo comparada ao Vale do Sílicio, nos Estados Unidos, que concentra empresas de alta tecnologia.

Mais informações: site oficial do Hacktown

Agenda Fundepar
14h30 às 15h30
Debate – O impacto do investimento semente em tecnologias disruptivas
Sala 17 (Inatel)

Painel com empreendedores que receberam investimento de capital semente contarão a sua história e a relevância de terem recebido investimento no estágio inicial de desenvolvimento de suas tecnologias. Moderador direcionará perguntas aos empreendedores, abrindo espaço também para perguntas do público.

17h30 às 18h30
Palestra – IA e Blockchain em Saúde: o que podemos esperar dessa combinação nos próximos anos?
Sala 15 (Inatel)

Um overview dos avanços de IA e iniciativas de Blockchains em saúde. Como IA e Blockchain podem se impactar? Um passo além: o que podemos esperar e o impacto dos três combinados nos próximos anos?