Fundep

“A célula ao alcance da mão” recebe prêmio pela Inclusão Científica

Postado em Notícias da Fundep

O projeto “A célula ao alcance da mão”, desenvolvido pelo Museu de Ciências Morfológicas (MCM) da UFMG, gerenciado pela Fundep e coordenado pela professora Maria das Graças Ribeiro, recebeu, no dia 24 de novembro de 2009, o Troféu Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2009.

A cerimônia de premiação foi realizada em Brasília, no dia 24 de novembro, e contou com a presença da professora Maria das Graças, do pró-reitor de Pesquisa da UFMG, Carlos Alberto Tavares, e de representantes da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes) e da Fundep.

PRÊMIO

Esta foi a 5ª edição do prêmio, que é realizado a cada dois anos em parceria com a Petrobras, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a KPMG Auditores Independentes e tem como objetivo identificar, certificar, premiar e difundir tecnologias Sociais. O conceito compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade, e que representem soluções efetivas de transformação social.

Foram registradas 695 inscrições e 114 práticas foram certificadas segundo os critérios de reaplicabilidade, efetividade da transformação social e interação com a comunidade. Destas, 24 foram escolhidas segundo critérios de mérito, efetividade e resultado alcançado para receber o troféu “Finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social – edição 2009”. Além de figurar entre os 24 finalistas,o projeto da professora Maria das Graças ficou entre os 3 melhores da região Sudeste.

O projeto “A célula ao alcance da mão” é uma coleção de modelos biológicos tridimensionais e em relevo destinados a pessoas com deficiência visual que começou a ser desenvolvida em 1989 pelo Museu de Ciências Morfológicas. São diversas peças que reproduzem, em três dimensões, órgãos, células, tecidos, sistemas orgânicos do corpo humano e estruturas microscópicas ampliadas, e são utilizados em salas de aula desde o ensino fundamental até a Universidade.

A professora Maria das Graças também está concorrendo ao Prêmio do Banco Santander – Real na categoria Talentos da Maturidade e seu projeto é destaque da Agenda 2010 da Fapemig como o melhor projeto na área de popularização da ciência.

A Fundep faz parte dessa conquista e se orgulha em apoiar o desenvolvimento de projetos que contribuem para a inclusão científica e social.