Fundep

Caminhão-museu sobre a história das lutas pela terra é inaugurado hoje

Postado em Notícias da Fundep

Nesta quinta-feira, dia 14, às 18h30, no gramado da Reitoria, serão inauguradas as atividades do caminhão-museu Sentimentos da Terra, que conta a história dos movimentos de luta pela terra no Brasil. Com o objetivo de levar ao grande público o resultado de anos de estudos acadêmicos sobre a memória das lutas pelas terras brasileiras, o projeto se propõe a utilizar uma linguagem artística acessível a um público diversificado.

O caminhão-museu permanecerá no campus Pampulha, até o dia 27 de março, Após essa data, terá inicio a exposição itinerante que levará informações sobre o tema, em diversas partes do país. A programação prevê atividades para os períodos da manhã, tarde e noite.

No museu, são apresentados 11 videodocumentários realizados por Gringo Cardia a partir do conteúdo histórico pesquisado pelo Projeto República. Os vídeos são narrados por importantes nomes da cultura brasileira: Caio Blat, Chico Buarque, Dira Paes, Gilberto Gil, José Wilker, Letícia Sabatella, Marcos Palmeira, Maria Bethânia, Regina Casé, Vera Holtz e Wagner Moura. Outras atrações também se destacam, como o Espaço da Imaginação, Exposição Vira- Vira e a Tenda para Caracterização, são nomes de outras atividades oferecidas pelo museu.

A cerimônia de abertura contará com a presença do reitor Clélio Campolina e representantes das instituições envolvidas na iniciativa: a professora Heloísa Starling, coordenadora do Projeto República: Núcleo de Pesquisa, Documentação e Memória, da UFMG; o diretor Roberto Nascimento, do Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural (Nead), do Ministério do Desenvolvimento Agrário; e o curador Gringo Cardia.

Parceria com a Fundep

O projeto do caminhão-museu foi uma iniciativa da UFMG com o Ministério do Desenvolvimento Agrário com o auxílio administrativo-financeiro da Fundep. Para a professora Heloísa Starling, a participação da Fundep foi de grande importância para a realização do trabalho. A Fundação deu suporte à equipe em diversas atividades, envolvendo a atuação conjunta de diferentes setores.

Leia mais sobre o museu caminhão em matéria divulgada no Jornal da Fundep Nº 68.

Com informações do Site da UFMG