Fundep

BH-Tec lança edital de ocupação

Postado em Editais

Foi lançado na última segunda-feira, 28/06 (com publicação no Diário Oficial de Minas Gerais no dia 29/06), o edital para convocação de empresas interessadas em se instalar no edifício institucional do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec).

O objetivo é selecionar empresas de base tecnológica e empreendimentos de ciência e inovação voltados para a produção de bens e serviços, que irão ocupar prédio mediante pagamento de aluguel e despesas condominiais. Além do apoio institucional, as empresas residentes no BH-Tec terão acesso a infraestrutura de uso compartilhado (salas de reunião, auditório com recurso audiovisual e rede wireless, copa, recepção, espaço para exposição de produtos e tecnologias).

Além do gerenciamento de projetos do BH-Tec, a Fundep é responsável pela gestão do próprio parque, e tem subsidiado todas as ações para o início dos trabalhos. A solenidade foi realizada na sede do parque, às 9h, e contou com a presença do presidente do BH-Tec e reitor da UFMG na gestão 1998-2002, professor Francisco César Sá Barreto, do reitor da UFMG, professor Clélio Campolina Diniz, do diretor do Centro de Pesquisas René Rachou, Rodrigo Corrêa, do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda e do secretário adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Evaldo Vilela.

Expectativas

Segundo o professor Sá Barreto, a expectativa é que a seleção das empresas seja concluída antes do término das obras do prédio institucional, previsto para o fim deste ano. “Já existe um estudo anterior, feito por um instituto de inovação, sobre as empresas que gostariam de vir para o BH-Tec. A maioria são empresas de biotecnologia e tecnologia da informação, mas o edital está aberto a qualquer empresa, desde que ela faça inovação”, afirmou.

O professor Campolina afirmou que a construção do Parque é a melhor forma de transferir para a sociedade o conhecimento gerado no meio acadêmico. “A parceria entre os setores público e privado é o caminho natural para que o conhecimento se transforme em tecnologia e seja transferido para as empresas”, argumentou. De acordo com o ele, a construção do BH-Tec trará benefícios também para os alunos da UFMG. “Eles poderão ser integrados nas pesquisas que se desenvolvem aqui no Parque Tecnológico e, inclusive, criar empresas novas”, disse.

Convênio

Durante a cerimônia também foi assinado acordo de cooperação entre o Centro de Pesquisas René Rachou da Fundação Oswaldo Cruz (CPqRR/Fiocruz Minas) e o BH-Tec, para instalação da nova sede do CPqRR no local.

Clique aqui e saiba mais sobre o lançamento do edital.

Fontes: Site UFMG
Diretoria Executiva BH-Tec